Startup

O que são salas privativas?

Ter um escritório próprio para trabalhar faz parte dos planos de muitos empreendedores e empresários, mas a burocracia necessária para montar e administrar um endereço comercial em geral inviabiliza qualquer sonho. É por isso que cada vez mais empresários e profissionais autônomos têm escolhido alugar salas privativas em coworkings. Além de muito mais baratas e práticas do que um escritório tradicional, próprio ou alugado, você consegue acesso exclusivo para trabalhar em regiões valorizadas da cidade que dificilmente caberiam no orçamento.

Antes de mostrar algumas das várias vantagens, vamos explicar o que são salas privativas em coworking. Esses espaços são a combinação ideal de praticidade e exclusividade para empreendedores e empresas que não querem perder tempo e dinheiro administrando um escritório próprio da forma tradicional. Ou seja, você terá direito a uma sala exclusiva em local privilegiado de bairros e regiões nobres da cidade para sua empresa e funcionários trabalharem.

E uma das vantagens das salas privativas de coworking é justamente ser um espaço seguro, bem localizado e flexível conforme o perfil do empreendedor ou empresário. Isso quer dizer que é possível alugar espaços exclusivos que cabem a partir de 2 pessoas e podem ser adaptados para mais colaboradores, como 5, 6, 10 e 14 pessoas, por exemplo. Assim, conforme sua equipe ou sua empresa expandem, você conseguirá se adaptar de forma simples, ágil e mais barata do que se tivesse comprado ou alugado um escritório tradicional.


Infraestrutura sem dor de cabeça

Além disso, não é preciso se preocupar com móveis, pois um bom coworking oferece salas privativas que têm mobiliário confortável próprio, além de gaveteiros e armários. Com isso, além de trabalhar em um ambiente moderno, você terá um espaço exclusivo para receber clientes e fazer novos negócios com privacidade, conforto e estilo.

Ao procurar uma sala privativa para sua empresa ou empreendimento, é importante escolher um coworking que ofereça dentro do pacote algumas horas de uso de salas de reuniões. Isso vai valorizar muito o seu trabalho, pois torna sua estrutura de funcionamento ainda mais profissional no momento em que for receber clientes e potenciais parceiros de negócios, que terão uma experiência personalizada da chegada à saída. 

Mais criatividade e produtividade

Empreendedores e empresários que optam por salas privativas em coworkings têm ainda outras vantagens importantes na prestação de serviço, como telefone exclusivo, atendimento personalizado, central de recados, manobrista e endereço fiscal e endereço comercial, conforme o plano contratado. Para quem está procurando um ambiente acolhedor e confortável para a equipe de trabalho, certamente isso será um atrativo para estimular no dia a dia a criatividade e a produtividade de todos.

Esse conforto e exclusividade podem ser pontos decisivos na hora de contratar um bom coworking, pois estão diretamente relacionados ao perfil dos coworkers no Brasil. Segundo o Censo 2019 da Coworking Brasil.org, o tempo de permanência das pessoas nos coworkings de Belo Horizonte é, em sua maioria (55,6%), de 12 a 24 meses. Outros 22,2% dos frequentadores disseram ficar mais de 24%. O tempo médio de uso de 3 a 6 meses teve 11,1% de participação na pesquisa, mesmo percentual dos trabalhadores que têm o hábito de ficar de 6 a 12 meses nos Coworkings de BH.

As principais economias de Belo Horizonte: Saiba mais!

Introdução

As principais economias de Belo Horizonte

As principais economias de Belo Horizonte estão relacionadas, principalmente, com o setor terciário, conforme detalharemos no decorrer do texto.

Belo Horizonte fica em quarto lugar entre as cidades mais ricas do Brasil. Ela fica apenas atrás de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Ela é, igualmente, a cidade mais rica do estado de Minas Gerais. Também é, do mesmo modo, considerada como um dos sete municípios com melhor infraestrutura do país.

Sendo assim, podemos afirmar, sem sombra de dúvidas, que a economia da capital mineira é uma das mais expressivas do Brasil.

Segundo os dados do IBGE, o Produto Interno Bruto de Belo Horizonte corresponde a um valor de R$ 91, 95 bilhões. Esse valor corresponde, enfim, ao equivalente a 15 % do PIB estadual e 1,46% do PIB nacional.

A cidade é considerada, portanto, um dos maiores centros financeiros do país. Ela possui cerca de setenta e oito mil empresas legalizadas. Estas fornecem ocupação para mais de um milhão de pessoas, direta ou indiretamente.

Setor Terciário

Dentro os setores financeiros, conforme mencionamos, o predominante na economia da capital é o setor terciário. Ele abarca vários serviços, como, por exemplo, comércio, serviços financeiros e atividades imobiliárias.

Mais de 80% da economia da capital se concentra nesse setor. E, do mesmo modo, ele corresponde a 70,73% da parcela do PIB de Belo Horizonte.

Nos seus primórdios, Belo Horizonte chegou a se tornar polo de atração de investimentos industriais. Contudo, tal papel acabou sendo transferido para as vizinhas Contagem e Betim, que formam o Eixo Industrial da Região Metropolitana.

Posteriormente, a cidade assumiu uma nova vocação como centro de crescimento e investimento de atividades que se relacionam com a prestação de serviços. Foi a partir da década de 1970 que o setor terciário efetivamente se consolidou como principal setor de movimentação financeira na capital mineira.

Regiões de destaque

Dentre as regiões de Belo Horizonte, duas se destacam como principais polos de concentração do dinâmico setor de serviços: a região Centro-Sul (onde se localiza a Timework) e a região Nordeste.

Ambas possuem uma grande de empresas que proporcionam os mais variados tipos de serviços profissionais e de negócios.  Por exemplo, serviços imobiliários e de leasing, de engenhariadesign, científicos, além das atividades de locação e de transportes.

Outro grande destaque dentro do setor terciário, cuja principal localização também está na região Centro-Sul de Belo Horizonte, são as start ups.  O San Pedro Valley, que abarca o Bairro São Pedro e áreas adjacentes como a Savassi, Lourdes e Funcionários, possui cerca de mais de trezentas start ups. A área já é referência no âmbito internacional.

O comércio, contudo, é distribuído de forma bastante homogênea entre todas as regiões da capital mineira.

Turismo

Outra área que vem ganhando cada vez mais importância entre as principais economias de Belo Horizonte é o turismo, e, igualmente os serviços correlacionados a eles.

Belo Horizonte se configura como um dos principais polos de turismo de eventos e negócios. Contando com uma ampla rede de hotéis, restaurantes e agências bancárias, essa área cresceu muito nas últimas décadas.

A capital mineira, inclusive, sediou importantes eventos nacionais e internacionais. Por exemplo, o III Encontro das Américas (1997), o 26º Encontro Econômico Brasil –Alemanha (1999). Igualmente foi local da 47ª Reunião do BID (2006) e a Ecolatina (2007)

Belo Horizonte, por sua localização, também é o Portão de Entrada para cidades históricas mineiras como Ouro Preto, Mariana, Sabará, Santa Luzia, Congonhas, Diamantina, São João del-Rei e Tiradentes. Tal fato incentivou ao desenvolvimento do turismo histórico por parte das agências locais.

 A própria capital mineira, com suas igrejas, conjuntos arquitetônicos e museus é fonte de interesse de turistas de todo o país e, igualmente, de estrangeiros.  

Além disso, tanto o Parque das Mangabeiras quanto outros parques e área de camping ao redor da capital criaram também uma demanda para o ecoturismo.

Coworking

Outro serviço que está crescendo na cidade é o coworking, onde são disponibilizados espaços de trabalhos compartilhados. Além de fornecer diversas outras facilidades, como estacionamento, internet, serviço postal, telefones, salas privativas, entre vários.

Dentre aqueles existentes em BH, a Timework é um espaço de coworking que se orgulha da alta qualidade que proporciona aos associados. Agende uma visita e venha nos conhecer!

Salas Privativas em Coworking: Quais são suas utilidades?

salas privativas coworking

Introdução

Salas privativas em coworking são uma solução econômica e prática que permite às empresas as mesmas comodidades de um escritório corporativo.

Os espaços de coworking possuem vantagens tanto para trabalhadores independentes quanto para pequenas empresas. Especialmente por oferecem uma maneira colaborativa e econômica de acessar o espaço de trabalho.

A maioria dos espaços de coworking permite acesso a salas de conferência e equipamento, internet, impressoras, copiadoras e outras facilidades por uma taxa mensal. Igualmente, o profissional não precisa se preocupar com sua própria mobília de escritório.

Formas de Trabalhar

Contudo, cada pessoa possui uma maneira própria e diferenciada de se adaptar ao trabalho. Alguns são mais produtivos quando trabalham lado a lado, dividindo o espaço com outros. Por outro lado, outros prosperam em suas tarefas quando estão sozinhos.

Existem também aquelas pessoas que precisam de um espaço exclusivo com sua própria equipe. Sem entrar em contato constante com os profissionais de outras áreas que ocupam o espaço compartilhado comum no coworking.

Salas Privativas

Portanto, é por isso que muitos lugares, como, por exemplo, nós da Timework, que oferecem salas privativas em coworking como uma das opções de associação.

 Essas salas privativas em coworking são locais tranquilos, isolados e mobiliados. Da mesma forma, elas fornecem acesso aos benefícios de um espaço compartilhado de coworking. E, simultaneamente, aos benefícios de um escritório privado tradicional.

Por exemplo, as salas privativas em coworking possibilitam que o profissional que opte por esse formato consiga trabalhar com menos interrupções.  Ao mesmo tempo, ele consegue apreciar a presença da comunidade colaborativa que o coworking cria, sempre que desejar sair da sala.

Outro benefício das salas privativas em coworking é a possibilidade de o profissional ter controle sobre seu próprio espaço, podendo personalizá-lo, mantendo-o limpo e organizado. Consequentemente, isso pode contribuir para o aumento da produtividade do profissional.

Espaço para Reuniões

Para aquele profissional que precisar realizar reuniões com frequência ou com pouca antecedência, uma sala privativa de coworking é uma opção mais vantajosa. Afinal, ele não vai precisar se preocupar em reservar a sala de reuniões geral, uma vez que já possui seu espaço exclusivo.

Em outras palavras, uma sala privativa de coworking permite que o profissional possua a liberdade de atender seus clientes a qualquer hora que surgir a necessidade.  

Espaço para Equipe

Algumas salas privativas em coworking podem também ser o núcleo de pequenas empresas, com várias pessoas trabalhando juntas. Portanto, os profissionais dessas empresas possuem a necessidade de privacidade para que possam se comunicar livremente entre si a qualquer momento.

As salas privativas possuem, portanto, as comodidades e a economia do espaço comum de coworking. Mas, ao mesmo tempo, são uma solução inteligente para uma equipe pequena. Isso porque oferece um espaço confortável para que a equipes colabore em projetos ou apresente seu trabalho em um ambiente capaz de impressionar clientes e investidores.

Endereço Físico e Telefone

Ao alugar uma sala privativa de coworking, o profissional também obtém acesso tanto ao seu próprio endereço físico de correspondência quanto a um número de telefone. Isso possibilita, enfim, que seus clientes consigam encontrá-lo mais facilmente.

O melhor de dois mundos

 As salas privativas em coworking são uma excelente solução para quem deseja ter o melhor dos dois mundos. Um pouco de privacidade aliado as vantagens do espaço compartilhado. Em suma, o profissional vai pode trabalhar da maneira que for mais produtiva para ele ao longo do dia.

Conclusão

Com as salas privativas de coworking, o profissional obtém toda a privacidade, personalização e benefícios de ter seu próprio escritório, mas sem as despesas gerais que corroem seus lucros.

Conheça os planos e opções de salas privativas da Timework entrando em contato conosco!