As principais economias de Belo Horizonte: Saiba mais!

As principais economias de Belo Horizonte: Saiba mais!

Timework

Introdução

As principais economias de Belo Horizonte

As principais economias de Belo Horizonte estão relacionadas, principalmente, com o setor terciário, conforme detalharemos no decorrer do texto.

Belo Horizonte fica em quarto lugar entre as cidades mais ricas do Brasil. Ela fica apenas atrás de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Ela é, igualmente, a cidade mais rica do estado de Minas Gerais. Também é, do mesmo modo, considerada como um dos sete municípios com melhor infraestrutura do país.

Sendo assim, podemos afirmar, sem sombra de dúvidas, que a economia da capital mineira é uma das mais expressivas do Brasil.

Segundo os dados do IBGE, o Produto Interno Bruto de Belo Horizonte corresponde a um valor de R$ 91, 95 bilhões. Esse valor corresponde, enfim, ao equivalente a 15 % do PIB estadual e 1,46% do PIB nacional.

A cidade é considerada, portanto, um dos maiores centros financeiros do país. Ela possui cerca de setenta e oito mil empresas legalizadas. Estas fornecem ocupação para mais de um milhão de pessoas, direta ou indiretamente.

Setor Terciário

Dentro os setores financeiros, conforme mencionamos, o predominante na economia da capital é o setor terciário. Ele abarca vários serviços, como, por exemplo, comércio, serviços financeiros e atividades imobiliárias.

Mais de 80% da economia da capital se concentra nesse setor. E, do mesmo modo, ele corresponde a 70,73% da parcela do PIB de Belo Horizonte.

Nos seus primórdios, Belo Horizonte chegou a se tornar polo de atração de investimentos industriais. Contudo, tal papel acabou sendo transferido para as vizinhas Contagem e Betim, que formam o Eixo Industrial da Região Metropolitana.

Posteriormente, a cidade assumiu uma nova vocação como centro de crescimento e investimento de atividades que se relacionam com a prestação de serviços. Foi a partir da década de 1970 que o setor terciário efetivamente se consolidou como principal setor de movimentação financeira na capital mineira.

Regiões de destaque

Dentre as regiões de Belo Horizonte, duas se destacam como principais polos de concentração do dinâmico setor de serviços: a região Centro-Sul (onde se localiza a Timework) e a região Nordeste.

Ambas possuem uma grande de empresas que proporcionam os mais variados tipos de serviços profissionais e de negócios.  Por exemplo, serviços imobiliários e de leasing, de engenhariadesign, científicos, além das atividades de locação e de transportes.

Outro grande destaque dentro do setor terciário, cuja principal localização também está na região Centro-Sul de Belo Horizonte, são as start ups.  O San Pedro Valley, que abarca o Bairro São Pedro e áreas adjacentes como a Savassi, Lourdes e Funcionários, possui cerca de mais de trezentas start ups. A área já é referência no âmbito internacional.

O comércio, contudo, é distribuído de forma bastante homogênea entre todas as regiões da capital mineira.

Turismo

Outra área que vem ganhando cada vez mais importância entre as principais economias de Belo Horizonte é o turismo, e, igualmente os serviços correlacionados a eles.

Belo Horizonte se configura como um dos principais polos de turismo de eventos e negócios. Contando com uma ampla rede de hotéis, restaurantes e agências bancárias, essa área cresceu muito nas últimas décadas.

A capital mineira, inclusive, sediou importantes eventos nacionais e internacionais. Por exemplo, o III Encontro das Américas (1997), o 26º Encontro Econômico Brasil –Alemanha (1999). Igualmente foi local da 47ª Reunião do BID (2006) e a Ecolatina (2007)

Belo Horizonte, por sua localização, também é o Portão de Entrada para cidades históricas mineiras como Ouro Preto, Mariana, Sabará, Santa Luzia, Congonhas, Diamantina, São João del-Rei e Tiradentes. Tal fato incentivou ao desenvolvimento do turismo histórico por parte das agências locais.

 A própria capital mineira, com suas igrejas, conjuntos arquitetônicos e museus é fonte de interesse de turistas de todo o país e, igualmente, de estrangeiros.  

Além disso, tanto o Parque das Mangabeiras quanto outros parques e área de camping ao redor da capital criaram também uma demanda para o ecoturismo.

Coworking

Outro serviço que está crescendo na cidade é o coworking, onde são disponibilizados espaços de trabalhos compartilhados. Além de fornecer diversas outras facilidades, como estacionamento, internet, serviço postal, telefones, salas privativas, entre vários.

Dentre aqueles existentes em BH, a Timework é um espaço de coworking que se orgulha da alta qualidade que proporciona aos associados. Agende uma visita e venha nos conhecer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *